Comprar listas de e-mails é uma grande roubada. Entenda por quê

Quando elaboramos uma campanha de e-mail marketing, existem uma série de boas práticas recomendadas que vão te ajudar a ter uma boa taxa de abertura e conversão. O contrário também é verdadeiro, não respeitar as boas práticas de envio de mail vai ser responsável pelo fracasso das suas campanhas, pode ter certeza disso. Uma das regras mais importantes a ser respeitada é nunca comprar listas de e-mails.

Apesar de ser a maneira mais fácil e rápida de adquirir uma base grande de contatos para trabalhar, ao comprar listas de e-mails de terceiros, você estará realizando um péssimo investimento. Continue acompanhando e saiba o porquê!

As pessoas não gostam de receber e-mails de empresas que não conhecem

Ao comprar uma lista de e-mails, você está pulando uma etapa essencial, que é construir uma base sólida e qualificada de leads que tem interesse pelo que você tem a oferecer para eles. Ao pular essa etapa, você terá uma lista de contatos de pessoas que não sabem como você conseguiu o e-mail delas e que estarão recebendo mensagens sobre uma empresa e sobre produtos que desconhecem ou não demonstraram interesse. ISSO É SPAM e ninguém gosta de ter suas caixas de entrada entupidas por e-mails indesejados.

Outro fator que torna esse investimento uma grande roubada é o quanto ele atua contra a metodologia de Inbound Marketing, que procura atrair de modo espontâneo o cliente certo para o seu negócio.

Ao comprar listas de e-mails, invertemos o processo e atingimos o consumidor de forma intrusiva e inconveniente. E com as redes sociais sendo usadas a todo vapor, uma experiência desagradável com a sua marca pode ser compartilhada e impactar negativamente a credibilidade e a imagem do seu negócio.

E, além da mensagem inconveniente e do consumidor insatisfeito, temos um terceiro fator: o filtro antispam do serviço de e-mail.

Serviços como o Gmail, da Google, contam com algoritmos cada vez mais inteligentes, permitindo que muitos usuários marquem as mensagens da sua empresa como spam, o que compromete toda sua ação de e-mail marketing.

A prática de comprar listas de e-mails acaba sendo tão prejudicial que, mesmo pessoas que teriam interesse no seu conteúdo não verão o e-mail enviado e poderão criar uma imagem negativa do seu negócio.

Ao comprar listas de e-mails, você geralmente tem uma péssima lista em mãos

Se você está comprando uma lista de e-mails, pode ter uma certeza: ela é composta de péssimos e-mails! E-mails desativados, endereços que já recebem uma quantidade gigantesca de spam que provavelmente são vendidos em outras listas de e-mails, entre outros contatos com baixíssimo potencial para conversão.

Além do mais, serviços de disparo de e-mail marketing podem interpretar a sua lista como desatualizada ou de baixa qualidade e baixar automaticamente a reputação da sua empresa como remetente. Ou seja, além de pagar por uma porcentagem mínima de e-mails válidos (que, ainda assim, poderão ser de pessoas que não estão interessadas na sua empresa), você compromete a sua operação de disparo e torna sua campanha de e-mail marketing menos eficiente.

Filtros antispam existem em ambas as pontas da operação

Como já apontamos, o índice alto de spam e de erros de entrega de contas inativas prejudica a reputação de todo o servidor de envio dos e-mails.

Assim, os serviços de disparo e gerenciamento de e-mail marketing são projetados para garantir um padrão de qualidade e reputação do conteúdo enviado.

Ao comprar listas de e-mails, você ou impede que os e-mails sejam enviados ou compromete a entrega e a reputação dos servidores. Ou seja, mesmo se você comprar listas de e-mails anunciadas como “de confiança”, você estará comprometendo o envio e a eficiência da campanha, fazendo com que todas as medidas antispam dos serviços de disparo e de contas de e-mail domésticas fique em alerta em relação ao seu remetente, entendendo que os seus e-mails são indesejados.

Conclusão

Criar uma lista consistente, atualizada e gerada de forma orgânica por pessoas realmente atraídas pelas táticas de Inbound Marketing da empresa pode levar algum tempo.

No entanto, é um processo que custará menos do que comprar listas de e-mails de empresas ou terceiros, e irá lhe gerar resultados positivos ao invés de problemas que podem ser irreversíveis. Esteja atento e não caia na tentação de comprar listas de e-mails!

Sua empresa já comprou listas de e-mails? Adoraria que compartilhasse sua experiência e resultados nos comentários.
Se você ficou com alguma dúvida sobre o tema, deixe o seu comentário ou entre em contato com a 
Room33, podemos te ajudar a construir uma base sólida e qualificada de contatos!

Compartilhar

Deixe um comentário