Como escolher uma boa agência de Marketing Digital para contratar?

Com o número cada vez maior de pessoas conectadas e utilizando a internet para os mais variados fins, não é novidade para (quase) ninguém que ter uma presença digital forte é essencial para qualquer tipo de negócio.

Outro ponto de consenso é que essa tarefa não deve ser executada por quem não tenha conhecimento aprofundado em marketing digital, sendo cada vez mais importante optar por uma agência experiente, que traga resultados concretos para a sua empresa.

Aí surge uma dúvida: como escolher uma boa agência de marketing digital? No artigo de hoje, listamos quatro dicas para auxiliar você a escolher a melhor opção na hora de definir quem vai cuidar da estratégia digital do seu negócio. Acompanhe!

Analise a presença digital da agência

Você contrataria um personal trainer fora de forma ou um nutricionista acima do peso? Pois é. O mesmo acontece com uma agência de marketing digital. É esperado que seus canais de comunicação, como site, e-mail marketing e redes sociais, sirvam de vitrine para o trabalho que a agência oferece.

Perfis desatualizados, comentários não respondidos, sites que não funcionam direito em dispositivos móveis depõem contra a imagem de qualquer negócio, sobretudo de uma agência que, supostamente, tem grande expertise no assunto. Afinal, se descuidam da própria “casa”, podem agir da mesma maneira com os clientes.

Avalie os cases de sucesso

Antes de escolher um prestador de serviço, é comum buscarmos por referências. Procure saber quem são os principais clientes, quais foram os resultados obtidos e se os objetivos foram alcançados.

Geralmente, as agências divulgam em seus sites os cases de sucesso. Caso não seja suficiente, não hesite em solicitar o histórico de clientes. Verifique se há empresas do mesmo porte da sua, pois é importante saber se a agência tem capacidade para atender organizações de todos os tipos e tamanhos.

Verifique a experiência no segmento da sua empresa

A agência de marketing digital pode ser renomada, ter vários cases de sucesso e muitos prêmios, mas de nada adianta se não conhecer a fundo o ramo do seu negócio. Profissionais com vasta experiência em comunicação institucional e governamental, por exemplo, possivelmente terão dificuldades de traçar estratégias para o segmento imobiliário.

Não que seja impossível uma agência prestar um bom serviço atuando em determinado ramo pela primeira vez. Mas, sem dúvida, conhecendo a fundo um segmento, o trabalho será executado de maneira mais fácil, ágil e eficiente.

Considere a relação custo-benefício

Em tempos de crise, um dos erros mais comuns na hora de escolher uma agência de marketing digital é optar pela que oferece o preço mais baixo. O valor do serviço não pode ser o principal fator de decisão. É importante lembrar que investir em marketing digital significa sair na frente da concorrência.

Nesse sentido, ao buscar por uma agência, é preciso ter em mente o que se espera dela e o quanto se está disposto a pagar por esse serviço. Compreendendo que essa agência vai fazer parte do planejamento estratégico para gerar oportunidades de negócios para a empresa, é fundamental dar um peso maior a essa escolha, afinal, ela contribuirá significativamente para que se consiga obter o ROI esperado.

Como dito acima, é fundamental conhecer a agência, seus profissionais, seus cases e considerar que um bom trabalho, desenvolvido adequadamente, não é barato. Preço baixo costuma resultar em frustração, com um serviço que não foi desenvolvido à altura do que se esperava.

Como você percebeu, não é difícil escolher uma boa agência de marketing digital. Seguindo as nossas dicas, você conseguirá analisar se ela já desenvolveu trabalhos interessantes, atingindo bons resultados, e se tem experiência no seu segmento.

Agora que você já sabe como fazer a melhor escolha, confira quais são as soluções digitais mais modernas e eficazes que uma agência pode oferecer.

Compartilhar

Deixe um comentário