Como fazer e-mail marketing de maneira eficiente

Apesar de muita gente dizer que o e-mail marketing é coisa antiga e que está com os dias contados, os resultados e a prática têm demonstrado outra coisa. O problema não é a ferramenta em si, mas como ela tem sido usada. Esse post vai mostrar como fazer e-mail marketing que gera resultados.

Em primeiro lugar acho importante mostrar alguns dados que demonstram a eficiência dessa ferramenta quando bem utilizada.

Os dados comprovam a eficiência do e-mail marketing

Um estudo divulgado pela McKinsey&Company mostrou que o e-mail marketing é uma ferramenta até 40 vezes mais eficaz que redes sociais como Facebook e Twitter juntos! No processo de adquirir novos consumidores, ele segue imbatível. A pesquisa também mostrou que além de conquistar clientes, ele acelera a velocidade de compra, com resultados até 3 vezes mais rápidos que nas redes sociais.

É verdade que existe um certo preconceito em relação ao e-mail marketing. Isso acontece porque muitas empresas não sabem como fazer e-mail marketing da maneira correta e utilizam esta ferramenta sem respeitar as boas práticas. A mais importante delas é: não faça spam, que é enviar e-mails indesejados para pessoas que não deram permissão para isso, geralmente através de listas compradas.

Dicas que aprendi com a Hubspost sobre como fazer e-mail marketing que funciona

1. Dê uma atenção especial ao assunto

O assunto do e-mail é muito importante porque, geralmente, esse é o elemento que vai ajudar o receptor a decidir se determinado e-mail vai ser aberto ou não.

  • Assuntos personalizados aumentam em 20% as chances do e-mail ser aberto;
  • “Segredo” é a palavra que mais influencia positivamente na abertura de e-mails;
  • E-mails com assunto que contêm uma ou duas palavras tem mais chances de serem abertos do que os e-mails com assunto que contém três ou mais palavras;
  • As pessoas demoram até 4 segundos para decidir se vão ou não abrir um e-mail.

2. Produza conteúdo relevante

Prepare com carinho o conteúdo que vai enviar para seus leitores se quiser que ele abra seu próximo e-mail.

  • 63% dos profissionais de marketing investem mais de 2 horas para criar uma campanha de e-mail;
  • Quando o assunto é conquistar novos clientes, as campanhas de e-mail são 40 vezes mais eficientes que ações no Facebook e Twitter;

3. Caprichar no design faz muita diferença

  • 75% das pessoas admitem criar uma opinião sobre as marcas de acordo com o design;
  • Campanhas com imagens geram 42% mais conversões do que as que não tem;

4. Utilize HTML básico

Dê preferência pelo simples, cada leitor de e-mails lê códigos de um jeito.

  • Não use Java-Script e use apenas CSS in-line;
  • E-mails em HTML tem uma taxa de conversão 2 vezes maior que e-mails com texto simples;
  • 88% das pessoas preferem receber e-mails de empresas em HTML;
  • Limite a largura do seu e-mail a 600 pixels para não haver scroll lateral;

5. Seu design tem que ser responsivo

Preocupe-se com a experiência das pessoas que vão abrir seu e-mail nos celulares, eles são a maioria.

  • A taxa de cliques no primeiro link em e-mails com design responsivo é 30% maior;
  • A taxa de cliques únicos em e-mails com design responsivo é 15% maior;

6. Utilize botões

Botões aumentam a taxa de cliques.

  • Botões com texto “Clique aqui” são os mais efetivos;
  • E-mails que se conectam com redes sociais e facilitam o compartilhamento, tem uma taxa de conversão de 158% maior nas ações;

 

Existem diversas razões para investir na estratégia de e-mail marketing e a mais importante, é que essa é a melhor ferramenta de nutrição de leads, mas isso vou contar no próximo post.

Se quiser saber um pouco mais sobre e-mail marketing, deixe sua dúvida ou comentário aí embaixo ou entre em contato conosco.

Compartilhar

Deixe um comentário