Como criar vídeos no YouTube para aumentar a sua audiência

Criar vídeos no YouTube, para uma empresa, significa traduzir sua marca e seus objetivos para uma mídia que gera mais alcance, pelo simples fato de que é o vídeo é um formato mais simples e fácil de ser consumido.

Além de o vídeo ser uma maneira mais próxima de se comunicar com seu público, ele é hoje um dos formatos que faz mais sucesso na internet. Não é à toa que o YouTube já é o segundo maior buscador do mundo, atrás apenas do Google.

O YouTube é gigante. Ele possui 1.5B de pessoas que acessam a plataforma todo mês e esse número não para de crescer. No mobile, os usuários passam mais de uma hora por dia assistindo a vídeos no YouTube. Só no Brasil, já são quase 98 milhões de pessoas conectadas.

O Facebook entrou na disputa com o YouTube para conquistar mais audiência através de vídeo, então, para estimular que as pessoas postem mais esse formato de mídia, o app está privilegiando o alcance dos vídeos, ou seja, um post em formato de vídeo atinge muito mais pessoas do que um post simples de texto com imagem.

Se eu fosse você, começaria a pensar em como alcançar seu público através de campanhas de vídeo no YouTube.

Confira, a seguir, como criar vídeos no YouTube e aumentar a sua audiência a partir dos inscritos de seu canal.

Defina sua estratégia para criar vídeos no YouTube

Para começar, assim como em qualquer campanha de marketing, é preciso definir quais objetivos sua empresa busca atingir. A partir disso, o propósito ao criar um canal no YouTube torna-se mais claro para sua equipe e sua audiência.

Quando o seu negócio tem um objetivo claro, a estratégia pode começar a ser definida com base no seu público que, no caso, serão os inscritos de seu canal. Dependendo do objetivo traçado, ele demandará uma abordagem diferenciada.

Seu público busca um conteúdo informativo, com análises de produto? Ou busca algo que vá mais para o lado do entretenimento?

Defina quais os seus objetivos:

  • Quer Construir Awareness? Então deve se preocupar em criar conteúdos que façam as pessoas se lembrarem da sua marca após de assistirem ao vídeo.
  • Quer Influenciar Consideração? Que tipo de conteúdo faria as pessoas considerarem comprar o que você quer vender depois de assistir o seu vídeo?
  • Quer Gerar Vendas? Crie chamadas para que as pessoas acessem seu site ou sua loja para comprar o seu produto.
  • Quer Aumentar Fidelidade? Crie conteúdo tão legal que incentive as pessoas a recomendarem a sua marca.

Entenda o seu público

É fundamental você entender as necessidades dos seus consumidores. É a partir daí que você vai planejar o tipo de conteúdo pode engajar com o seu público, a linguagem que deve usar, o tom de voz, etc. É importante criar conteúdo que sua audiência se identifique.

Entenda a jornada do seu consumidor. Quais são suas dúvidas, suas angústias, suas dificuldades. Sabendo essas coisas será bem mais fácil que tipo de vídeos criar.

O princípio de organização ICE (Informação, Conexão e Entretenimento) pode auxiliar a definir o tom de sua mensagem de forma alinhada a seu consumidor.

Informação: As pessoas assistem vídeos para se informar, aprender coisas, conhecer serviços, ouvir comentários de outras pessoas sobre produtos que consumiram e gostaram, etc.

Conexão: As pessoas compartilham com seus amigos os vídeos que gostam. Comentam, discutem, criticam. Isso aumenta o alcance das publicações.

Entretenimento: As pessoas buscam se inspirar, relaxar e se divertir.

O tipo e o formato de seu conteúdo no YouTube dizem muito sobre sua marca

A forma como sua empresa gerará conteúdo por meio de vídeos no YouTube é um reflexo de sua mensagem. Por isso, lembre-se de compreender os recursos disponíveis para investir no melhor formato para o YouTube. Acredita que sua mensagem será transmitida de forma mais eficiente em um vídeo curto ou uma série?

Não tenha medo de, por exemplo, testar diferentes formatos até chegar no engajamento desejado. Além dos formatos de mídia de 15, 30 ou mais segundos, o YouTube oferece uma possibilidade interessante: o bumper ad de 6 segundos. Além de ser uma mídia com grande versatilidade, os bumpers podem complementar seu anúncio, aumentando alcance e impacto.

Dados mostram o poder de engajamento do bumper de 6 segundos. A taxa de visibilidade do vídeo de 6 segundos chega a 93%.

Além do bumper, considere implementar as funcionalidades em vídeos no YouTube que permitem a interação de sua audiência. Ferramentas como cards clicáveis (com links para outro site) telas de encerramento e shopping cards possuem um importante papel para a definição de formato e, principalmente, do conteúdo.

Como criar vídeos no YouTube e segurar a atenção do público

São nos primeiros 5 segundos que as pessoas vão decidir se vão continuar vendo seu vídeo ou vão sair. As pessoas querem ser rapidamente surpreendidas. Então “fisgue” as pessoas logo no começo e mostre a que veio.

Um conteúdo atrativo gera outras responsabilidades. É preciso que se invista não só em atrair a audiência, como também em estabelecer pontos de conexão e direcioná-las. Ter um gancho inicial é importante, mas isso não é garantia de resultados. Naturalidade e transparência no conteúdo geram awareness (lembrança) de marca e maior consideração pela escolha.

Para criar vídeos no YouTube que tenham aderência ao seu público, outra dica é utilizar a pirâmide da boa experiência. Na base da pirâmide está a utilidade do seu conteúdo. Ao desenvolvê-lo, você deve se perguntar como ele será útil para sua persona.

No meio da pirâmide está a usabilidade. Seu conteúdo pode ser incrível, mas se o visitante não souber como encontrá-lo ou aplicá-lo, você não terá sido efetivo nem aumentará a sua audiência.

Por fim, no topo da pirâmide encontra-se a desejabilidade, também conhecida como “efeito uau”. Seu canal e seus vídeos precisam oferecer diferenciais que gerem encantamento em sua persona, deve entregar algo que ela valorize e que desperte sua vontade de se inscrever em seu canal e interagir com seu conteúdo.

Trabalhando com outros Youtubers e influenciadores digitais

A estratégia de comunicação da sua marca, quando bem alinhada com seu público, pode tornar sua mensagem algo colaborativa. Trabalhar com criadores de conteúdo e influenciadores digitais já estabelecidos na plataforma é um exemplo do que pode ser feito. Mais de 50% de todas as interações em canais sociais são geradas por apenas 2% dos influenciadores digitais.

Existem diferentes tipos de abordagens que podem ser utilizadas ao se trabalhar com influenciadores digitais. Alguns exemplos:

  • Inserção de produto: a inserção do produto em questão será exposta pelo próprio Youtuber.
  • Integração customizada: o vídeo, no caso, é produzido e distribuído pelo próprio criador.
  • Vídeos de anúncio: oportunidade de advertising (propaganda) direcionada a um formato de publicidade.
  • Parceria 360: na verdade, trata-se mais de uma combinação de todas as táticas vistas antes. Porém mais voltadas para um modelo de contratação e exclusividade da personalidade e sua ligação com sua marca.

Porém, na hora de escolher um influenciador, escolha alguém que esteja alinhado com os valores da sua empresa e que o seu público se identifique.

Boas práticas e considerações finais

Ter feedback constante antes, durante e após o processo de criação é fundamental. Isso vale, inclusive, para ambos os fluxos de interação e crítica de sua audiência. Essa atitude auxilia, também, a manter a empresa mais alinhada às novas tendências.

Comece a criar vídeos no YouTube agora! Defina objetivos, estabeleça metas e utilize o que estiver no seu alcance e no de sua equipe da melhor forma possível!

Sua empresa já pensou em criar vídeos no YouTube? Conte sua experiência ou deixe sua dúvida nos comentários. Se preferir entre em contato com a ROOM33, podemos continuar esse papo!

Compartilhar

Deixe um comentário