Como ativar leads que não abrem e-mails

O procedimento a ser tomado com leads que não abrem e-mails pode parecer um problema de fácil solução. Afinal, se não abrem e-mails, basta rever a base de contatos e excluir os leads não engajados, certo? Na verdade, isso não é uma solução!

Gerar leads é um processo caro, portanto, você não deve descartá-los com tanta facilidade. O que você precisa saber, é como utilizar algumas técnicas para chamar a atenção desses leads, fazendo com que eles interajam com você.

Nesse post, vou dar algumas dicas para ativar leads que não abrem e-mails. Confira!

Identifique o interesse de leads que não abrem e-mails

Você investiu em ações para atrair leads, atualizou sua base de contatos e acha que agora os resultados irão aparecer. No entanto, ao disparar os primeiros e-mails, percebe que a taxa de abertura é muito baixa. E agora, o que fazer?

Em primeiro lugar, não entre em pânico e não comece a descartar os seus contatos logo de cara. Apesar de não estarem engajados, esses contatos ainda podem ser úteis. Excluir os leads que não abrem e-mails deve ser sua última opção. Há muito a se fazer antes disso.

Se esses leads entraram em sua base, é porque eles se interessaram por alguma coisa ou por um anúncio que você fez ou por algum material rico que divulgou ou ele pode ter assinado a sua newsletter. Porém, por alguma razão, ele não está abrindo os seus e-mails e isso pode acontecer por vários motivos e o mais provável é que a sua comunicação não esteja muito assertiva.

Envie e-mails personalizados

Um procedimento comum é automatizar um e-mail personalizado de resgate. Ao enviar uma mensagem que parece que foi feita diretamente para a pessoa, sua empresa demonstra que conhece as suas necessidades e seus interesses. Isso chama a sua atenção e a pessoa se sente valorizada. Esse tipo de iniciativa demonstra o quanto ela é importante para a sua marca!

Para que essa ação funcione, é muito importante você ter algumas informações sobre os seus leads. Por exemplo, você deve saber através de qual canal esse lead chegou até você (Google, redes sociais, formulário de cadastro…) ou qual campanha converteu essa pessoa em lead. Esses leads devem, então, ser tagueados e separados em segmentações diferentes. Dessa maneira será possível enviar mensagens diferentes para pessoas com interesses diferentes.

Enviar a mesma mensagem para toda a base sem fazer essa segmentação, vai prejudicar muito as taxas de abertura e cliques de seus e-mails. Enviar e-mails para alguém sem saber se essa pessoa está interessada no que você tem para dizer é spam. Escrevi outro artigo que explica melhor como criar campanhas de e-mail sem fazer spam.

Uma dica: seja transparente e ofereça prontamente a possibilidade de descadastro de sua newsletter. Se esse contato não está interessado no que você tem pra dizer, então deixe-o ir e mantenha sua base de contatos “mais limpa”.

Não caia na tentação de “jogar sujo”. Utilize sempre boas práticas de e-mail marketing para melhorar as taxas de abertura de sua campanha!

O que fazer depois?

Use o Facebook para se reconectar com o seu público

Uma técnica que eu costumo usar na ROOM33, é fazer uma segmentação para os leads que não estão engajando e exportar essa lista. Depois disso, eu subo essa lista de leads frios no Facebook e crio uma audiência customizada para promover conteúdo para esse público.

Porém, como eu já disse antes, não envie o mesmo conteúdo para toda a base, entenda o interesse dos seus leads, segmente e envie o conteúdo certo para as pessoas certas.

Após seus leads redescobrirem que você tem assunto interessante para trocar com eles, a probabilidade de seus e-mails serem abertos com maior frequência aumenta bastante.

Promova seu melhor conteúdo para reaproximar seu lead

Outra dica muito importante: escolha muito bem os conteúdos que vai enviar para uma base de leads desengajados. Se eles não estão abrindo os seus e-mails, pode ser que eles não estejam achando sua comunicação interessante. Então, escolha os seus melhores artigos e vídeos para trabalhar essas pessoas.

Identifique, através do Google Analytics, quais são os seus posts e vídeos que atraem mais pessoas por mais tempo. Descubra quais são os materiais ricos que as pessoas mais fazem download. São esses conteúdos que você deve trabalhar para se reconectar com leads que não abrem e-mails.

Além disso, você terá entendimento de qual conteúdo gera mais interesse para criar novos artigos, e assim, atrair mais pessoas para o seu funil de vendas.

Peça para as pessoas seus melhores e-mails

Uma das razões que fazem com que você atraia leads que não abrem e-mails, é simplesmente porque eles te deram um e-mail que eles não costumam utilizar. É comum as pessoas terem um e-mail principal, que abrem com frequência, e outro e-mail que usam bem menos.

Uma estratégia válida para aumentar sua taxa de abertura é incentivar seu lead a cadastrar seu “melhor” e-mail na hora do cadastro. Isso permite que o contato não se perca e que sua estratégia de Inbound Marketing ganhe em eficiência.

Considerações finais

O ponto principal sobre leads inativos é apenas um: leads são caros, então trabalhe-os melhor e não os desperdice. Seus conteúdos podem fazer com que leads que não abrem e-mails, voltem a interagir.

Revitalizar sua base de contatos deve ser uma prioridade. Descartar logo de cara leads que não interagem é jogar dinheiro fora. Lembre-se: sua base de contatos é um diferencial competitivo perante seu concorrente, portanto, valorize-a como um ativo de sua empresa!

A grande vantagem da estratégia de e-mail marketing é poder converter seu lead de forma personalizada e automatizada. Utilize as ferramentas de monitoramento e análise de dados a seu favor. Dessa forma, suas ações ganham força e podem se ajustar para que sejam mais efetivas a médio e longo prazo.

E então, tiramos sua dúvida sobre como ativar leads que não abrem e-mails? Como sua empresa tem lidado com essa situação? Deixe seu comentário ou, se preferir, entre em contato com a ROOM33!

Compartilhar

Deixe um comentário