Como aparecer na primeira página do Google sem precisar pagar por isso?

O poder do buscador Google em gerar tráfego nos sites é gigantesco. Os sites que aparecem na primeira página do Google atingem uma média de 32,5% de seu total de acessos só pelos usuários que utilizaram a ferramenta.

Por isso, todos procuram estratégias e formas para que seus sites fiquem bem posicionados na primeira página do Google. Preocupado em oferecer sempre as melhores respostas para os termos buscados, o buscador analisa diversos pontos e cria algoritmos cada vez mais criteriosos para selecionar os sites que aparecerão melhor ranqueados.

As práticas de SEO devem estar sempre atualizadas com as regras de como gerar mais tráfego sem ser penalizado ou explorar alguma função abusiva e antiética.

No entanto, com tantos sites disponíveis na internet, será que é possível ranquear seu canal em uma posição tão alta a ponto de aparecer na primeira página do Google sem ter que pagar nada por isso?

O trabalho de otimizar o posicionamento no ranking de pesquisa orgânica é trabalhoso, mas é a melhor forma de gerar tráfego para seu site sem precisar investir o tempo todo em mídia paga.

Confira, a seguir, algumas dicas de como fazer com que seu site já possa ser melhor posicionado na pesquisa do Google sem precisar pagar por isso. Vamos lá?

Relevância e excelência nos resultados de pesquisa para aparecer na primeira página do Google

Ao pesquisar palavras-chave relacionadas ao conteúdo do seu site, você vai perceber que os resultados da primeira página do Google geralmente são aqueles mais relevantes e com conteúdo de qualidade para a pessoa que pesquisa determinado termo.

Destacar-se nos resultados orgânicos de uma pesquisa do Google exige, portanto, relevância e qualidade. Isso parece um ponto óbvio quando se trata de produção de conteúdo, mas práticas inadequadas de SEO, como criar sites de baixa qualidade com informação copiada e palavras-chave repetidas à exaustão levaram o Google a atualizar seu algoritmo de indexação (conhecido como Google Panda) pela primeira vez em 2011 (e com cada vez mais atualizações e novos algoritmos desde então).

Assim, vá além das palavras-chave e saiba agregar qualidade ao seu conteúdo. Qualidade gera relevância, que por sua vez transmite autoridade, o que ajuda a tornar o seu site uma referência em sua área de atuação, fazendo com que seu conteúdo seja mais bem ranqueado na pesquisa do Google.

Mantenha a função de sitemap acessível

Um sitemap é o arquivo que lista todas as URLs de seu site e sua hierarquia. É importante que esse recurso esteja liberado tanto para uma melhor experiência do usuário quanto para o melhor posicionamento e indexação de seu site na pesquisa do Google.

Utilize URLs amigáveis

A otimização de SEO do site envolve torná-lo mais atrativo para as ferramentas de busca. Isso inclui os endereços de seu canal digital. Um bom indexamento e o uso de palavras-chave ou do título das postagens de seu blog, por exemplo, faz com que o endereço seja mais relevante e é uma prática essencial para quem quer aparecer na primeira página de pesquisa do Google.

Esteja atento para a meta description

O texto que o Google mostra abaixo do link e do endereço é tratado como a descrição de seu site. Meta description, no código-fonte, é um fator que é priorizado pelo Google, caso não existam outros fatores ou informações mais relevantes, segundo os algoritmos de busca.

Evite repetir descrições, seja sucinto e faça com que a descrição resuma adequadamente o conteúdo do site. A ferramenta de webmaster do Google ajuda a apontar erros nessa descrição.

As imagens do seu site também devem ter qualidade e relevância

Não é só o conteúdo textual que é considerado pelos algoritmos de pesquisa do Google. É importante que as imagens tenham um nome e descrição. O uso de palavras-chave associadas ao conteúdo em que a imagem está sendo utilizada é importante para o ranqueamento de seu canal.

Utilize personas

É importante traçar o perfil do seu cliente, para que o site esteja alinhado com os interesses de seu público em potencial e, assim, tenha mais acessos. Para isso, é importante que seu planejamento conte com personas que representem o seu cliente ideal e que a criação de seu conteúdo seja embasada nos interesses e nas necessidades dessas personas.

Utilize links para atrair mais visitas

Uma estratégia de SEO deve levar em consideração como os links do site estão sendo utilizados. Contexto é importante. O link deve ser, assim como o conteúdo, relevante e focar a experiência do usuário. Links internos para conteúdos relacionados, ou links externos para outros canais e redes sociais relevantes, por exemplo, são indispensáveis.

Aumente sua presença digital

Para aparecer na primeira página de pesquisa do Google, é preciso compartilhar o site e se relacionar com seu público de forma próxima. Procure as redes sociais em que as personas de seu site se encontram e mantenha-se sempre presente, compartilhando conteúdos relevantes do site e criando conteúdo novo, sempre levando em conta a linguagem e as regras de boas práticas do canal.

Avalie e acompanhe os resultados

Métricas ajudam você a identificar as forças e fraquezas de seu site e a melhorar ainda mais sua estratégia de posicionamento. Não se deixe levar, no entanto, pelas chamadas “métricas de vaidade”, que não lhe auxiliam nesse processo de evolução.

Conclusão

Ninguém aparece na primeira página da pesquisa do Google do dia para a noite. Ao implementar uma estratégia de SEO, as ações custam pouco (ou até mesmo nada, como vimos) em relação à mídia paga, mas são compromissos de longo prazo.

É preciso ter paciência, foco e saber que estar bem posicionado pelo Google nada mais é do que a consequência de um trabalho bem projetado, de uma estratégia de marketing digital coesa e de um conteúdo matador. E o resultado é poder ter um site de qualidade relevante para seus clientes e que seja uma ferramenta rentável para o seu negócio. Nada mal, certo?

Se você tem dúvidas sobre como fazer isso, converse com a equipe da ROOM33.

Compartilhar

Deixe um comentário